PINGUELA
Já atravessei muitas pinguelas. Quando o rio estava cheio ficava mais complicado, mas a gente atravessava assim mesmo. Meu pai ia na frente orientando a gente, o mais importante era ter equilíbrio e não ter medo. Quando chegava do outro lado a gente pulava de alegria e meu pai sorria, nos abraçava e dava pra ver a alegria e o gosto em seu rosto. Na vida também temos que atravessar muitas pinguelas, já atravessei algumas difíceis, mas consegui chegar do outro lado são e salvo. Devemos estar preparados para as pinguelas da vida e não devemos nos esquecer que Deus está sempre presente para nos livrar de qualquer acidente.
(05-06-2020)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZONA RURAL

POEMA DA LAVADEIRA

DIGA NÃO AO TABAGISMO, DIGA SIM Á VIDA!