terça-feira, 25 de julho de 2017

DIA DO ESCRITOR
Hoje é o Dia do Escritor, este fazedor de histórias, de contos, de contas, de versos e de universos. Criativo e criador, o escritor hoje é quase uma figura decorativa neste mundo moderno com a sua tecnologia "self service" em que tudo pode ser saboreado rapidamente, engolido, digerido sem a necessidade de apreciar o gosto e o sabor. Escritor é chato, pensador, exato, criativo, inventor e trabalha com figuras de linguagem, nuances, subjetividades, cores, flores e sabores. Hoje é o Dia do Escritor, esse teimoso por natureza que escreve enquanto a vida passa como se a vida não passasse e a noite não chegasse. Escrever é como semear: sempre alguma semente germina, brota, nasce e vinga em meio a milhares que foram plantadas. Por isto é preciso semear sempre, afinal, só colhe os frutos quem semeia com amor e aguarda o momento da colheita. (25-07-2017)

segunda-feira, 24 de julho de 2017

CORAÇÃO 
Quem será que criou o desenho do coração? Certamente foi um artista muito inteligente e que pensou bastante antes de criar o "seu coração". O desenho desse órgão vital do ser humano causa emoções e até "segundas intenções", pois se virarmos pra baixo ele deixa de ser um coração e se transforma em outra parte do corpo muito atraente. Esse desenho do coração não tem nada a ver com o coração de verdade: foi uma criação e não uma cópia. Na criação há imaginação e nem sempre há fidelidade ao original. Imagino que pouca gente já pensou nisto e já se deu conta que o desenho do coração, provavelmente, teve outra intenção. De qualquer forma, vamos continuar acreditando que aquilo é um coração. É melhor assim. (22-07-2017)
PALADAR DA MANHÃ
A frescura das palavras
que tecem o dia
e atravessam a noite
e na madrugada continuam
sua caminhada pelos campos
na sua cavalgada
rumo á alvorada
rumo ao dia
carregadas de poesia
num tempo em que
o sorriso é uma marca,
um sonho que abarca
a paisagem fresca
com a frescura das palavras
que tecem o dia
e atravessam a noite
e se escondem na alma do poeta
que materializa o seu verso
e o entrega como um pão fresco
ao paladar da manhã.
Cícero Alvernaz (autor) 24-07-2017.

quinta-feira, 20 de julho de 2017

AS MUDANÇAS QUE OCORREM COM A CHEGADA DO FRIO

 
Já notaram que no inverno as pessoas geralmente ficam mais bonitas? O frio sempre nos traz surpresas, muitas delas agradáveis, outras, porém, desagradáveis.

A gente fica mais disposto e ao mesmo tempo mais retraido. O raciocínio fica mais lento, ficamos mais acomodados como se estivéssemos dominados por alguma força sobrenatural e invencível. Muita coisa muda no nosso metabolismo, mas, até por falta de opção, temos de enfrentar o frio. É o desafio que temos nesta época em que o frio prevalece.

As pessoas, especialmente as mulheres ficam mais bonitas no inverno, mas os homens também mudam a sua aparência nesse tempo. E aqui no Brasil o frio não tem hora marcada para chegar. Pode de repente vir uma frente fria e pegar todo mundo de surpresa. Daí a primeira atitude a fazer é tirar do guarda roupa aquele casaco há muito tempo sem uso e coloca-lo. Para quem trabalha à noite o sofrimento é dobrado, dependendo do local em que trabalha. Nunca estamos preparados para receber o frio.

Às vezes eu comparo o frio a uma visita inesperada e inconveniente. Quando bate à porta nós pensamos várias vezes antes de abrir, e quando abrimos fica indisfarçável a nossa cara de decepção. No frio tudo é mais difícil e sofrido. Tomar banho é um sacrifício. Até para lavar o rosto de manhã é complicado. Levantar da cama é um grande sofrimento, pois isto inclui uma atitude não só de coragem, mas principalmente de necessidade e de amor próprio. O corpo sempre pede mais um pouco de cama e nunca está satisfeito com o que lhe damos. Sempre quer mais, infinitamente mais.

O grande herói desse tempo é o sol. O astro-rei é mais rei do que nunca, e quando aparece é festejado por todos. Mas ele também tem que vencer o frio - e nem sempre consegue. Quando mais precisamos dele ele parece mais frio e indiferente. A relva sofre e fica muitas vezes coberta por uma camada espessa de gelo. O orvalho fica por mais tempo sobre a erva esperando a chegada do sol para então se dissipar. A névoa fria cobre os campos e as baixadas, e o homem da roça sai com a sua enxada rumo ao trabalho lutando contra o frio denso da manhã. Ele clama pelo sol, mas este demora a chegar ou chega frio, indiferente e distante. Sem outra opção, o homem da roça enfrenta e vence o frio com a sua arma, a enxada, que há milênios garante o seu sustento e o de sua família.

Já notaram que no inverno as mulheres ficam mais bonitas? Esta é a grande vantagem do frio. Ele faz bem aos nossos olhos e aos nossos corações. Ele nos premia com essa beleza que é exposta diariamente bem diante de nós. E então aproveitamos para ver, admirar e amar o que há de mais lindo sobre a terra: a mulher. Na verdade, são elas que nos aquecem no inverno e enchem a nossa vida de alegria, prazer e muita poesia.
SÓ NÃO FICOU VOCÊ
Você foi embora,
se foi e me deixou
como se vai o vento
que se passa num momento
e se deixa e se esquece
sem palavras, sem gestos,
sem adeus, sem protestos,
sem um olhar sequer.

Você foi embora
com seu brilho,
com seu sorriso, seu jeito,
se foi pra outra cidade,
pra outro país, outro mundo,
se foi e me deixou sem fala,
sem paz, sem fé, sem esperança,
fiquei olhando feito criança
quando quer, quando deseja,
mas ninguém lhe dá.

Ficou apenas uma lembrança,
um gosto qualquer na boca,
um vazio, coisa louca,
ficou a vontade, o sonho,
e junto com este vazio,
ficou a tristeza, o frio,
ficou tudo que hoje se vê,
só não ficou você.
Cícero Alvernaz (autor) 20-07-2017.
AMIGO
Todo amigo é próximo,
mas nem todo próximo é amigo.
Amigo não tem rótulo,
não tem cor ou sinal,
não tem placa especificando,
marcando hora,
preço ou ritual.
Amigo é apenas amigo,
é alguém que nem sempre
está comigo,
mas está sempre presente,
amigo é a própria
alma da gente.
Cícero Alvernaz (autor)
20-07-2017.
A MANHÃ
A manhã aparece orvalhada e com cheiro de madrugada
nas suas roupas molhadas pelo orvalho denso
num dia lindo que se descortina como
se fosse uma menina que acorda e já está saltitante, 
feliz e cantando uma canção qualquer 
com sua linda voz de mulher.

A manhã convida passarinhos para cantar felizes
e juntinhos e saudar na estrada a linda alvorada.
O sol aparece tímido e ainda frio,
mas com o seu reconhecido brilho 
e acorda o pai e o filho e ambos com fé 
se levantam e se adiantam procurando a mesa do café.

Tudo é assim pra você e pra mim, 
pois a vida nos leva a esse encontro com o dia, 
com a realidade diária que nos convida a viver
e juntos aproveitar a vida.
(20-07-2017)

quarta-feira, 19 de julho de 2017

MOSTRAR A LÍNGUA
Dizem que mostrar a língua
é falta de educação,
mas no nosso caso, não é.
Mostramos a língua sem querer
e também querendo
e não o fazemos por mal.
Talvez isto seja um sinal
ou uma necessidade,
ou mesmo uma brincadeira,
ou talvez seja algo sensual.
Crianças mostram a língua
e adultos também
e ás vezes nem percebem isto.
Mostrar a língua
pode ser falta de educação,
mas tem gente que mostra coisa pior.
Pior do que mostrar a língua
é usa-la para difamar alguém.
Cícero Alvernaz (autor) 19-07-2017.
IGREJINHAS
As igrejinhas, geralmente, socorrem muita gente. Muitas pessoas dependem da assistência social das igrejas que funcionam, muitas vezes, como uma espécie de "Bolsa Família" para pessoas carentes, algumas nem tão carentes que também acabam entrando na dança. Como existem muitas igrejinhas, as pessoas acabam passando por várias, pedindo e sendo ajudadas até com dinheiro. Um dia um pastor fez um apelo na igreja dizendo que precisava de uma oferta para ajudar uma família que, diga-se de passagem, não era da igreja. Levantaram a oferta, a maioria colaborou, mas não chegou nem na metade do valor das contas de água e luz. Depois eu fiquei sabendo que o total ultrapassava a quantia de 500,00. Por que estou escrevendo isto? Primeiro porque é uma realidade e segundo porque muita gente critica e faz piadas com as igrejas, mas não sabe o que elas representam para a sociedade. Pessoas ignorantes, despreparadas, inventam piadas maldosas e mentirosas movidas por um espírito mal, a serviço do "bicho" e posam como "artistas e donos da verdade". Geralmente, essas pessoas nunca entraram numa igreja, nunca deram sequer um real para ajudar, mas abrem a boca para criticar e menosprezar. "E, respondendo o Rei, lhes dirá: Em verdade vos digo que quando o fizestes a um destes meus pequeninos irmãos, a mim o fizestes".
Mateus 25:40 (palavras do Senhor Jesus).

domingo, 16 de julho de 2017

A INFÂNCIA
A infância é um tempo
em que o tempo não tinha tempo
nem hora nem dia nem noite
nem alguma coisa que tivesse importância
ou mesmo algum valor
a infância não era um tempo
e nem um exemplo
de vida sem saída
com chegadas e partidas
e um intervalo feliz no meio
com brincadeiras e sonhos
que alegravam os dias
com suas músicas e poesias
que se perdiam no tempo
que não se chamavam tempo
mas vinham de repente
e ficavam pairando
na mente da gente
num momento em que a gente
passeava no tempo
e se envolvia sem tempo
nas brincadeiras tantas
que permeavam a infância
que é um tempo
em que não há tempo
nem hora nem dia nem noite
nem alguma coisa que tivesse importância
e a gente passeava e corria
e sorria cheio de amor e poesia
nas ruas da infância.
Cícero Alvernaz (autor)
16-07-2017.
A BELEZA É VOCÊ 
A beleza não é uma estampa, um quadro, uma silhueta.
A beleza não é uma fruta, uma flor ou uma tampa.
A beleza é natural, é real, fica e mexe, tira e retira
e sempre tem, por mais que transfira.
A beleza é a pessoa, é algo que vemos e não esquecemos.
A beleza é aquilo que amamos, é aquilo que queremos.
A beleza é você!
Cícero Alvernaz (poeta), 16-07-2014.

DIA DO ESCRITOR Hoje é o Dia do Escritor, este fazedor de histórias, de contos, de contas, de versos e de universos. Criativo e criador, o ...