Postagens

ALMOÇO DE DOMINGO
Daqui eu fico escutando
e imaginando
o almoço de domingo.
Fico pensando na fartura,
fico pensando nas bebidas,
na variedade das comidas
e imagino a alegria,
ouço as conversas no ar
que me vem comunicar
que o almoço está gostoso,
que o almoço está saboroso.
Fico imaginando o prazer,
o doce prazer de comer,
criança, velho e moço
comendo deste almoço,
mas eu só sinto o cheiro
deste almoço domingueiro.

Cícero Alvernaz (autor) 27-05-2018.
VIAGEM
Eu não quero voltar,
e não vou desistir.
Vou ficar por aqui,
e depois vou partir.
Vou seguir a viagem,
vou em busca do sol,
vou ligar minha luz,
acender meu farol.
Eu não vou desistir,
eu só vou descansar
e depois vou sair
quando o dia raiar.
Bem distante eu vou,
muito além vou chegar,
quando o dia nascer
chegarei no meu lar.

Cícero Alvernaz (autor) 24-05-2018
PROCURA-SE UM PAÍS
Procura-se um País
onde haja ordem e progresso.
Um País onde as florestas tenham vida
e a vida pulsa nas flores
e faça vibrar os corações.

Procura-se um País onde haja ordem,
onde haja respeito e progresso,
onde haja paz e tolerância.

Procura-se um País onde haja sonho,
onde haja estrelas e céu azul,
onde de Norte a Sul
se respire bondade,
onde a alegria é uma realidade,
onde se cante por amor e de saudade...

Procura-se um País
onde ainda exista um pouco de felicidade.


Cícero Alvernaz (autor)
25-05-2018.
BRIGA DE TRANSITO
Duas pessoas bateram os carros e uma delas falou:
-A culpa foi minha, eu pago o conserto.
-Não, a culpa foi minha, eu pago.
-Não, eu estava errado: não dei a seta.
-Eu estava errado, por isto eu pago.
-Eu já disse: eu pago, eu te fechei, eu errei.
-O errado sou eu, eu pago.
-Não se fala mais nisto, eu pago o conserto.
-Que nada! deixa que eu pago tudo.
-Eu pago, faço questão de pagar.
-Vê em quanto fica, manda a conta que eu pago.
-Eu pago, eu pago, eu pago...
-Tudo bem, chega de discussão: eu pago.
-Sem mais discussão: eu pago e não se fala mais nisto.
-Eu já disse que pago... faço questão.
-Tudo bem, se a gente ficar aqui, não vamos chegar a nenhum acordo, então eu aceito: você paga o seu e eu pago o meu.
-Pausa...
-Nada disto: você paga os dois, afinal, você é que estava errado.
Aí recomeçou a discussão e pelo jeito não terminou até agora.
PÉROLAS
A manhã tem o tom amanhecido do dia.
A vida sem você existe, mas não tem graça.
Olhar você é ver o que o meu olhar deseja.
O dia veio sem vontade e trouxe a saudade de você.
Não há poesia mais linda que aquela de um dia que se finda.
Não adianta xingar quando se está indiferente.
Deixar para depois nem sempre é um bom começo.
De olhar em olhar se olha, mas nem sempre se vê.
Acredita em mim? Eu tenho minhas dúvidas.
O amor sempre dá cordas, mas nem sempre se enforca.
Querer sem ter é melhor que ter sem querer.
A formiga sabe o que quer, por isto está sempre pronta.
Eu quis sorrir, mas o meu sorriso não me quis ver sorrindo.
A hora de voltar nem sempre é o tempo de regressar.
No teu olhar eu vi estrelas, mas elas não piscavam.
A lua, sempre sozinha, é uma solidão brilhante.
Se você não me entendeu, não me pergunte.
Minha poesia não é minha: ela pertence ao tempo.
Eu só escrevo porque não sei fazer outra coisa.
Cícero Alvernaz (autor) 23-05-2018.
EU PENSEI QUE SOUBESSE
Eu pensei que soubesse,
mas descobri que não sei.
Eu pensei que soubesse
o que é saudade,
pensei que entendesse de saudade,
que soubesse o que é felicidade,
mas descobri que não sei.

Não sei o que é saudade,
sentir falta, ter vontade,
amar muito e desejar.
Eu pensei que soubesse,
mas não sei.

Não sei o que é deixar,
ou ser deixado.
O que é me despedir
e depois olhar de lado,
o que é chorar
e ficar desolado.

Eu pensei que soubesse,
mas não sei.
E talvez nunca saberei.

Cícero Alvernaz (autor) 23-05-2018.
DEIXA O TEMPO PASSAR
Deixa o pensamento voar
com seu jeito bonito
até o infinito
onde a vida existe
e ninguém é mais triste,
onde a campina se estende,
onde os homens se entendem,
onde o riso ainda se vê.

Deixa o pensamento voar
no seu ritmo seguro
indo em busca do futuro
deixando para trás o presente.

Deixa o tempo passar,
deixa a vida deslizar
indo em direção ao mar,
deixa o sonho se refazer,
deixa o mato crescer
e invadir a estrada,
não te preocupes com nada,
pois nada é simplesmente nada.

Pensa em Deus, pensa na vida,
pensa no tempo que virá,
pensa na felicidade,
afinal, temos pela frente
uma eternidade.

Cícero Alvernaz (autor) 22-05-2018.