ME AMA
Me ama sem drama,
sem hotel e sem cama,
sem ciúme, sem perfume,
sem chuva e sem lama.
Me ama sem fama,
sem dinheiro, me chama,
me pede que eu vou.
Sou um homem esquecido,
pelo mundo vou perdido,
mas seguindo sempre vou.
Me ama e não reclama,
me entrega seu amor,
sempre na paz, na alegria,
seja de noite ou de dia,
seja aqui ou onde for.
Cícero Alvernaz (autor)
14-02-2020.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZONA RURAL

POEMA DA LAVADEIRA

DIGA NÃO AO TABAGISMO, DIGA SIM Á VIDA!