ROUBAR PODE
As pessoas aprendem a sua profissão e depois a executam conforme aprenderam. Assim, existe o trabalhador braçal (lavrador), o carpinteiro, o pedreiro, o cozinheiro, o pintor, o mecânico, o alfaiate e tantos outros. Nessa linha existe também o político, que não é exatamente uma profissão, mas é uma atuação. É aí que eu quero dar uma explicação, pois tem gente que pensa que a função do político é trabalhar em favor da coletividade. Deveria ser, até pelo montante que eles ganham e alguns ainda roubam. No entanto, na prática não é assim. A função do político é "fazer política", discutir, tramar, enganar, tripudiar e muitas vezes esculachar e roubar. Alguém já viu algum político trabalhar? E se algum resolver trabalhar, os demais o perseguem e o ameaçam de cassação e a moda hoje é o impeachment. O nosso presidente é ameaçado todo dia de impeachment, ou afastamento porque o viram sem a máscara e trabalhando e este é um motivo para pedir a sua cassação. Mas se ele estivesse fazendo política e roubando estaria tudo certo. O problema é que ele está trabalhando. O político não pode trabalhar, mas roubar ele pode. E pode também prender as pessoas dentro de casa como se elas fossem galinhas que são presas debaixo do balaio. (21-07-2020)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZONA RURAL

POEMA DA LAVADEIRA

DIGA NÃO AO TABAGISMO, DIGA SIM Á VIDA!