PREFIRO CIDADE PEQUENA
Nem sempre as maiores cidades são as mais bonitas e as mais acolhedoras. Gosto de cidades pequenas, ou médias, desde que elas tenham o básico, o suficiente. Cidades grandes são mais perigosas, amedrontam a gente, o transito é infernal, o povo é impessoal e há sempre motivos para ficarmos com um pé atrás. Fui pela primeira vez a uma cidade considerada de média para grande em Minas, cheguei na Rodoviária e me informei como eu fazia para ir ao centro, me indicaram um ônibus circular e eu o tomei, o ônibus deu um monte de voltas, passei por bairros periféricos, buracos e o ônibus entrou até no mato, levou quase uma hora para chegar no centro. Depois eu vi que se tivesse ido a pé levaria uns 20 minutos, era só pegar uma rua reta. Mas, por outro lado, foi bom, pois assim eu conheci a realidade daquela cidade grande. Resumindo: eu prefiro uma cidade média, ou pequena, desde que ela tenha o básico, o suficiente, o necessário. (12-07-2020)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZONA RURAL

POEMA DA LAVADEIRA

DIGA NÃO AO TABAGISMO, DIGA SIM Á VIDA!