OS DOIS CACHORRINHOS
Ontem durante a caminhada eu encontrei dois cachorrinhos, eles foram simpáticos comigo, me seguiram uns metros e depois eu avistei um casal que era o dono deles. Quando cheguei perto do casal cumprimentei e falei dos cachorrinhos, a mulher até falou o nome deles, até aí tudo bem, mas quando eles perceberam que eu estava conversando com os donos não gostaram e um tentou me morder, a mulher chamou ele e disse: "Não faz isto (e falou o nome dele) você é bonzinho, não morde ninguém". E ele então desistiu da minha canela. Depois eu fiquei pensando: acho que ele ficou com ciúme da dona por isto queria me morder, e isto me levou a pensar outras coisas, as quais às vezes acontecem com o ser humano que faz loucuras por ciúme. Na vida, às vezes o animal imita o ser humano e vice versa. Muitas pessoas, por ciúme, matam e morrem.
(17-07-2020)

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ZONA RURAL

POEMA DA LAVADEIRA

DIGA NÃO AO TABAGISMO, DIGA SIM Á VIDA!